UATI-UNIFIO está comemorando 15 anos de atividades

Rose Pimentel Mader

 

A Universidade Aberta à Terceira Idade do Centro Universitário das Faculdades Integradas de Ourinhos – UATI-UNIFIO comemora neste mês de abril 15 anos de atividades.  A UATI foi criada em 2005 com o apoio e incentivo dos dirigentes da Fundação Educacional Miguel Mofarrej (FEMM), industriais Roque Quagliato (presidente) e Nildo Ferrari (in memorian).

Reconhecido como um projeto inovador na região de Ourinhos, pela proposta de acolher alunos da terceira idade, a UATI inspirou-se em cursos e experiências realizadas e mantidas por conceituadas instituições de ensino do País. A UATI-UNIFIO está alicerçada na missão da FEMM de promover o conhecimento em todos os ciclos e formar cidadãos conscientes, críticos e integrados à sociedade contemporânea.

A criação da UATI contou, inicialmente, com a colaboração e entusiasmo das senhoras Cecília de Arruda Botelho Quagliato, Marly Ferreira Quagliato e Dalva Borges Ramos que tiveram a iniciativa de visitar várias UATIs no Estado de São Paulo entre as quais a USP (Universidade de São Paulo), UNICAMP (Universidade de Campinas), USC-Bauru (Universidade do Sagrado Coração) para conhecer o funcionamento do curso e buscar subsídios para desenvolver o projeto em Ourinhos.

A UATI-UNIFIO completa seus 15 anos de existência, totalmente consolidada como um espaço aberto a pessoas interessadas em se adaptar às mudanças e transformações da sociedade contemporânea e tem como principal objetivo fazer com que o idoso tenha responsabilidade, sempre de acordo com o seu Estatuto, e a oportunidade de viver a estação da melhor idade com qualidade de vida, interagindo socialmente e sendo feliz.

A constituição da UATI, definição da estrutura de curso e grade curricular resultaram de um amplo e profundo trabalho de pesquisa junto à renomadas instituições de ensino entre as quais a USP (Universidade de São Paulo) e UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo), tendo o apoio da Associação das Universidades Abertas à Terceira Idade do Estado de São Paulo (ALFATI).

A aula inaugural da UATI foi realizada no dia 18 de outubro de 2005, no Campus do UNIFIO, com um Café Filosófico que teve como palestrante o psicólogo e professor André Reis com o tema “A Busca da Felicidade”.

A professora Dalva Borges Ramos foi a primeira coordenadora da UATI cuja gestão se estendeu até 2010, responsável pela estruturação da primeira grade curricular e, também, coordenou vários eventos e atividades extensivas do curso que tiveram grande alcance na comunidade ourinhense.

Em 1º de fevereiro de 2011, a coordenação da UATI foi assumida por Gerda Kewitz, professora da instituição indicada pela direção do UNIFIO e FEMM que comandou a reestruturação do curso, atendendo as novas expectativas de seus dirigentes.

Gerda Kewitz introduziu novas disciplinas e criou, dentro da grade curricular, diversos projetos e atividades, atendendo plenamente os objetivos da UATI e beneficiando a comunidade com ações sociais, proporcionando importantes eventos e espetáculos ao público local e regional.

Atualmente a UATI-UNIFIO engloba em sua grade curricular as seguintes disciplinas: Atividade da Memória, Dança, Direitos Humanos, Espanhol, Ginástica Sênior, Inglês, Literatura, Música e Relações Humanas.

A programação de atividades da UATI-UNIFIO é extensa e envolve diversas atividades culturais e sociais como palestras, evento comemorativo (Dia do Idoso), passeios,  ações solidárias e belos espetáculos abertos ao público, entre os quais o Fim de Ano na UATI, iniciativa muito elogiada e concorrida que reúne os familiares e amigos dos alunos e comunidade.  

Uma das grandes realizações da UATI-UNIFIO é o Projeto Literário que viabilizou seis edições de livros produzidos pelas alunas, com a coordenação de Gerda Kewitz e professores. O último livro foi intitulado “Lampejos Cotidianos”.

Esta iniciativa, inclusive, ganhou notoriedade e reconhecimento regional. Recentemente a Fundação Educacional Miguel Mofarrej (FEMM), representada pelo presidente Roque Quagliato, o Centro Universitário das Faculdades Integradas de Ourinhos (UNIFIO) e a Universidade Aberta à Terceira Idade, representada pela coordenadora Gerda Kewitz, foram homenageados pela Academia Santa-Cruzense de Letras com Láurea de Honra ao Mérito pela sua relevante atuação, representada pela sua produção literária que valoriza a louvável contribuição à cultura, à arte e às letras.

A proposta da Academia Santa-Cruzense, aprovada no dia 11 de outubro, e assinada pelo presidente da Comissão Provisória José Eduardo Piedade Catalano, destaca também a contribuição das escritoras dos livros editados pela UATI-UNIFIO.

Entre as principais atividades proporcionadas às alunas, destacam-se: gincana do museu, café na roça, estação primavera, com a participação dos professores e alunas.

Apresentações de Fim de Ano na UATI como: TV Anos 50, A Noviça Rebelde, A Herança, Baú das Recordações, Olhares e Risos,  Paraíso das Ninfas, Musical Boi de Reis entre outros.

Entre as ações sociais desenvolvidas estão o apoio e colaboração às entidades como Chocolataria Frei Chico, de Santa Cruz do Rio Pardo e A.A.D.F. (Associação de Assistência ao Deficiente Físico), de Ourinhos.

Também fazem parte, passeios anuais realizados na Holambra II, Hotel Península em Avaré, Hotel Vale das Águas, em Águas de Santa Bárbara.

No rol de parcerias estão o Centro de Convivência da Special Dog, com apresentações dos corais, músicos  e sarau literário e com o SESI/Ourinhos com sessão Pipoca e recreação.

Atualmente contando com alunas de Ourinhos e Santa Cruz do Rio Pardo, a UATI-UNIFIO tem orgulho de comemorar seus 15 anos de existência e de compartilhar com a comunidade ourinhense e regional, o êxito de um curso que proporciona às pessoas da terceira idade, o prazer de buscar conhecimentos e a oportunidade de viver melhor esta fase da vida.

Parabéns alunas, professores! Pelas lições de vida.

Parabéns UNIFIO e FEMM pelo apoio e incentivo ao Projeto!

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com