Aulas remotas da UATI-UNIFIO apresentam bons resultados

Rose Pimentel Mader

 

O novo formato de ensino, através de aulas remotas (online), em tempos de pandemia, também foi bem assimilado pelas alunas da Universidade Aberta à Terceira Idade do Centro Universitário UNIFIO. Superadas as dificuldades iniciais de adaptação às novas tecnologias, natural entre estudantes de todos os ciclos, as alunas da UATI estão participando e aproveitando bem as aulas e os conteúdos oferecidos pelos professores. O esforço e a dedicação de todos – coordenadora, professores e alunas, estão refletindo em bons resultados e contribuindo para amenizar os reflexos do distanciamento social.

A coordenadora Gerda Kewitz ressalta que “completando 15 anos de atividades, a UATI entrou na era digital em 2020, com as alunas surpreendendo a todos nas aulas online.

Com suporte da equipe do NTEA/UNIFIO, os professores da UATI, prontamente atenderam ao nosso chamado, preparando aulas com conteúdo adaptado, para permitir a interação entre as alunas.

Esse contato virtual entre professores e alunas é de extrema importância nesse momento de distanciamento social.

Agradecemos a dedicação e empenho de todos”.

 

Professores e alunas dão seus depoimentos

sobre a experiência das aulas remotas

 

Professora Daniele Montuleze, de Música

“As aulas remotas da UATI são extremamente ricas e proveitosas.

É uma experiência nova, exigiu dedicação e trabalho dos professores e da equipe do NTEA/UNIFIO para alcançar e monitorar as alunas. Através dessas aulas, as alunas adquiriram habilidades para manusear celulares, computadores, já navegam pelas plataformas, e utilizam as tecnologias disponíveis. Vejo isso como um grande passo na construção do conhecimento.

E nas aulas de educação musical, estamos nos aprofundando no universo dos elementos da Música, conhecendo mais os instrumentos musicais, estudando a história e sua evolução e ampliando o conhecimento do repertório popular e estrangeiro. Sem dúvida, a UNIFIO, através das aulas remotas da UATI, está viabilizando momentos de aprendizagem, levando cultura e conhecimento para a melhor idade”.

 

 

Professora Michelli Roli, de Dança

“As aulas de dança da UATI sempre foram muito dinâmicas e animadas. Com a quarentena se prolongando, veio a proposta das aulas remotas. Para iniciar este projeto, passamos por um treinamento intenso com a equipe UNIFIO, e foi um desafio e tanto. Hoje, quando as alunas acessam as aulas e participam ativamente delas, vejo o quanto nos adaptamos e evoluímos juntas. As aulas se adaptaram para o formato remoto e estamos estudando os conteúdos de uma forma que talvez não fosse possível nas aulas presenciais. Nada irá substituir os encontros presenciais, mas avalio de forma extremamente positiva as aulas remotas, pois, com elas preservamos os encontros semanais, o aprendizado, o exercício físico e mental, tão importantes neste período de isolamento”.

 

Professor Ricardo Gessner, de Literatura

“Em Literatura, nosso foco inicial foi manter a produção escrita, assim como o interesse das alunas em participar das aulas, ler e escrever. Iniciamos discutindo o tema “Amizade”, inspirados na aula inaugural da modalidade remota, e readaptamos o processo de entrega dos textos. Hoje, as alunas produzem suas escritas e postam em um grupo no WhatsApp, específico para essa disciplina. Nas duas últimas semanas, em que temos trabalhado a “escrita lúdica”, isto é, textos literários baseados em jogos de palavras, tivemos um aumento considerável na produção, assim como bons resultados. Além disso, aproveitando toda essa experiência, pretendemos levar as publicações literárias da UATI adiante não apenas com o livro físico, mas também com edições virtuais”.

 

Professor Reinaldo Gomes de Oliveira, de Ginástica Sênior

“Em 20 anos de trabalho com grupos de atividade física não havia estado ainda com a melhor idade, mas sempre com alunos entre 40 a 60 anos em média. Achei fantástica essa turma da UATI, as alunas são cheias de energia e vontade, amorosas e positivas apesar do momento de recolhimento que estamos passando. As aulas me exigiram renovação, reestudo, mudança de postura e principalmente mudança de paradigmas de vida”.

 

Professora Mariana Canhoto de Araújo, de Relações Humanas

“As aulas remotas com a turma da UATI têm sido uma experiência gratificante. Inicialmente, imaginei que alunas pudessem não aderir ou não gostar do novo formato, porém me surpreende a nossa capacidade de ajustarmos às adversidades da vida. As alunas tiraram de letra e estão muito bem adaptadas aos recursos tecnológicos que permitem as nossas aulas hoje em dia. É muito gostoso poder encontrá-las e ver como estão motivadas e animadas”. 

 

 

Professora Luna Stipp, de Direitos Humanos

“As alunas se adaptaram muito bem ao Ambiente Conhecer e às aulas remotas; as dificuldades iniciais foram superadas com facilidade devido o auxílio conjunto de toda equipe UATI, dos seus familiares e a vontade de continuarem sempre aprendendo.

O isolamento parece ter despertado o interesse delas na maior interação e compartilhamento de suas experiências. O Ambiente Conhecer é fundamental nesse processo, por oferecer ferramentas fáceis de serem utilizadas e possibilitar que elas possam acessar os materiais e as aulas a qualquer momento, que aliás, tem sido enriquecedoras e agregadoras a todas nós, tornando mais leve esse momento. As alunas UATI são o exemplo de que se há vontade, os obstáculos são apenas um detalhe”.

 

Professora Vanessa Kewitz, de Inglês

“Sobre a minha vivência com as aulas remotas da UATI… eu não poderia deixar de mencionar, primeiramente, minha satisfação em trabalhar com as ‘meninas’ (como gosto de me referir) dessa turma tão animada da UATI. Ensinar um idioma estrangeiro não é tarefa fácil, independentemente da idade do aluno, e com o inglês não é diferente. O que eu imaginei que seria uma barreira a princípio, se transformou em uma deliciosa tarefa: preparar as aulas para transmissão ao vivo e de maneira remota. Além do material disponibilizado na sala virtual, preparo atividades diversificadas e prazerosas às alunas, para que elas possam trabalhar à vontade, quantas vezes, e quando quiserem. É uma experiência inédita para a UATI, mas que têm mantido às alunas bem ocupadas e animadas, considerando esse quadro atual no qual nos encontramos”.

 

Impressões das alunas

 

Inês Valio: “Estou gostando muito das aulas remotas. Inicialmente achei que não ia conseguir, mas não tive dificuldades e está valendo a pena”.

Odete Manfrim: “Estou achando ótimo participar das aulas remotas; é uma forma de aproveitarmos nosso tempo, aprender e se distrair nesse período em que estamos vivendo e temos até lições de casa (rsrs), o que é muito bom para todas nós”.

 

Odete Kahil: “Gosto muito das aulas remotas. A princípio tive uma certa resistência, achei que não ia dominar a tecnologia e que tudo era complicado, afinal estávamos ingressando num mundo completamente desconhecido para nós, visto que até então usávamos a internet de forma limitada. Mas me empolguei com as aulas, estou gostando, estão acrescentando muito, além do conteúdo, a oportunidade de, mesmo dentro de casa, rever os amigos e professores”.

Denise Baer: “Apesar das dificuldades naturais, me adaptei bem às aulas remotas e elas estão nos ajudando muito neste período de isolamento. Apesar de manter muitas  atividades em casa, é muito bom nos reunir com os amigos virtualmente”.

Conceição Miglioli: “Estou imensamente feliz com as aulas remotas da UATI. Sempre penso e me programo, nos dias de aula, que estou indo para a faculdade. Foi bom este formato de aulas porque deu continuidade ao curso e acho que estamos aproveitando bem o conteúdo”.

Leonice de Bastiani: “Claro que as aulas presenciais são melhores, mas me adaptei bem às aulas remotas pela oportunidade de continuar realizando o curso e, também, de manter contato com as amigas e professores”.

Mazé Carnaval: “As aulas são muito boas e produtivas e estou conseguindo assimilar os conteúdos”.

Lia Maioli: “Estou gostando muito do novo formato de aulas. Acredito que é num momento como esse que devemos nos unir, apoiar e participar das aulas. Temos que ser solidários com toda a equipe da UATI e UNIFIO para preservar e valorizar um trabalho tão bonito que a instituição está oferecendo à comunidade e que apresenta bons resultados”.

Jecy Vivan: “Na minha idade é natural que encontre dificuldade em participar das aulas remotas, mas com a ajuda dos filhos e o apoio da UATI-UNIFIO estou conseguindo participar e fico até empolgada, nos dias de aula, pela oportunidade que tenho de manter contato com as amigas, professores, realizar atividades, o que ajuda a amenizar esse momento difícil que estamos passando”.

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com